Página 2 de 15

#04_Os relances da vida que dançamos no mundo ou somos mesmo bichos humanos tão assim coreográficos?

Se dançamos a vida, somos dançados por ela. De um jeito coreográfico. Mais ou menos assim: Pare. Escute. Fale. Dance. Mas poderia ser o contrário ou de forma…

#03_As danças da cotidiana vida cotidiana nos coreografam mais ou (n)o que Gonçalo ensina a ser gente bicho dançador?

Fotos: Terezinha Albuquerque. Tornar-se um humano dançador é encarar cumplicidades. Há certas distinções que unem em vez de separar. Tornar-se um bicho dançador no ser dançarino é a…

#02_As mudas de um dançadouro presente ou o que um cacto planta de espinhos lembra para um bicho pedra gente humano animal?

Tenho andando a fazer mudas de cacto planta de espinhos. Antes eu comprava uns jarros pequeninos com miniaturas desses cactos, pela estética minimalista das formas. Tanto que a…

#01_A vida para quem dança e a dança para quem vive ou sobre os mundos circundantes em seus mundos próprios

A vida ensina muito para quem dança. Vivemos e nem atentamos para essa relação entre arte e vida, entre vida e arte. Há muitas urgências e nem sempre…

MULATA, da Cia Dita (CE), no Festival de Dança de Itacaré: Solo da bailarina Wilemara Barros é dança que (nos) autobiografa

Foto: Luiz Alves -Dragão do Mar  Dia 15 de março de 2014, a bailarina cearense Wilemara Barros dançou o que chamou de “Aula Magistral”, no foyer do Theatro…

A INVENÇÃO DO BAIÃO TEIMOSO, da Cia Balé Baião (CE), performa danças e dançares teimosos de corpos políticos baionenses

Foto: Lucas Soares/divulgação Certas danças constroem presenças outras. Desestabilizam percepções turvadas e nos libertam da descrença no coletivo. Bebem do popular, elemento vital da cultura, e com ele…

Joubert Arrais – currículo, biografia e imagens de trabalhos em Dança

JOUBERT ARRAIS Joubert Arrais é dançarino, crítico de dança e professor universitário. É cearense-alagoano e, atualmente, vive e trabalha em Juazeiro do Norte/CE, lecionando na Universidade Federal do…

ESTUDO PARA UMA DEVORAÇÃO, de Andréa Bardawil (CE) & Cia Andanças fazem do que se pode dizer, devorar …

(Foto: Cacheado Braga) Há um lugar comum que precisamos escapar. De que o corpo se politiza (apenas) quando se partidariza ou se institucionaliza. Não é garantido assim. Começa…

THE HOT 100…, de Cristian Duarte (SP), é uma anarqueologia coreográfica de danças, movimentos e memórias

(Foto: Annelize Tozetto) Assistir uma única vez ao solo The Hot One Hundred Choreographers (“The Hot 100”), do coreógrafo Cristian Duarte, pode parecer suficiente. Para alguns. Mais de uma…