(Foto: Ana Feijão)

Dança que respira a polissemia de um ambiente que é
permanente produção de semiose: o corpo humano que dança.

Helena Katz

facebook.com/projetomasculina

projetomasculina.wordpress.com

 

O PROJETO MASCULINA, de Joubert Arrais (CE/SP), é uma ação artística e politica de dança com o ambiente LGBT e com as discussões feministas. O objetivo é a criação coreográfica de um solo de dança (enquanto “crítica dançada”) que estude e discuta o corpo masculino atravessado pelas transexperiências masculinas.

Estamos interessados nas masculinidades tanto do corpo dito masculino e gay, segundo um viés autobiográfico; como também nas masculinidades das mulheres que se tornam homens, simbolicamente, e ainda, pela intervenção cirúrgica (os FTM - Female To Male).

Com o lema A senhora tá tão masculina! foi contemplado com a Bolsa Interações Estéticas em Pontos de Cultura 2012, pela qual promoverá, no Brasil, encontros de criação/formação, no formato de seminário, em parceria com o Pontão de Cultura SOMOS LGBT, de Porto Alegre/RS. Cada encontro terá artistas de dança e pesquisadores de gênero e feminismos como convidados para acompanhar e colaborar com o processo de criação e ações do projeto. Dentre as artistas-pesquisadoras, estão Angela Souza (CE), Gladis Tridapalli (PR) e Micheline Torres (RJ).

Já em Portugal, com a ajuda do Fundo Iberescena 2012 – criação coreográfica, o Projeto Masculina realiza uma residência artística internacional de três semanas com a plataforma de artes e feminismos RED – Revoluções Em Dança, junto ao Centro Em Movimento – c.e.m; e outros dois parceiros, o Atelier Re.Al (hospedagem / estúdio) e o espaço 30 da Mouraria (sala de ensaio). Na capital portuguesa, Lisboa, o projeto será orientado pela bailarina e pesquisadora Mariana Lemos (BRA/POR), com acompanhamento pontual das artistas e pesquisadoras Carolina Höfs (BRA/POR) e Íris Lacan (POR), sendo as três articuladoras das ações da RED.

O PROJETO MASCULINA vincula-se ao projeto militante  CRÍTICA COM A DANÇA, de Joubert Arrais, que propõe articulação entre dança e crítica como instâncias coimplicadas, por meio de encontros e conversas de itinerância artística.

Abaixo algumas IMAGENS que nos instigam a pensar dançando enquanto AÇÕES DO CORPO:

female to male 01
mens-up 09 rion sabeon
Laerte Resenha HQ Judith Butler Teoria Queer
logo interações estéticas funarte 2
female to male 06
drag 2 fotografo leland bobbé
burca venda nos olhos mulheres
female to male 03
mens-up 07
mulher bota um ponto na minha rifa
mens-up 05
logo ibescena
marcjacobsmakeupline-post001
drag 4 fotografo leland bobbé
Dana Bakdounis mulher jovem sem burca síria
joubert por ana feijão
mens-up 01
Diadorim Bruna Lombardi
mens-up 02
boneca open my legs negativo
female to male 07
logo interações estéticas funarte
brincar de pedrinha
Homens grávidos
mens-up 08
female to male 05
drag 3 fotografo leland bobbé
mens-up 06
joubert por ana feijão com logos interações iberescena
suricate seboso machifêmea
mulher brincar de elástico
cassia eller
mens-up 03
female to male 02
homem dormindo com tutu em cama num quarto com outra cama vazia
sensualidade3
Masculina - foto Ana Feijão edicão Joubert Arrais
female to male 04
drag 1 fotografo leland bobbé
he can do it
homem deixe o feminismo te libertar
are you a boy 2
Casey_Legler_Female_Woman_Male_Model_Ford
mens-up 04

REALIZAÇÃO:

Print Friendly